Amor antártico


Co-o-o-o-o-mo-mo-mo eu sei-ei-ei-ei-ei
Que-e-e-e o a-mo-o-or o amor-or-or-or-or
Che-gou-ou-ou-ou-ou-ou a-a-a-aqui-i-i-i ?
Quan-an-an-tos-os-os ven-en-en-ventos-os-os-os
me-me-me tra-a-a-azem o fri-i-i-i-o-o-o-o
Quan-tos-os ve-ventos-os-os tra-a-azem fri-i-i-i-o
A-qui-i-i-i me fi-i-i-i-co-co-co-o-o-o
A-té-é-é-é que-e-e ve-e-e-e-nha
A-té-até-é-é-é que-e ve-e-e-e-nha-a-a-a...
A-a-a paixão ensolarada...

Edgar Sacadura
Poemas e poetas da rua
Amor antártico Amor antártico Reviewed by Edgar Sacadura on segunda-feira, fevereiro 24, 2014 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.